terça-feira, 29 de maio de 2012

Neurônio Espelho



Através de pesquisas feitas por Rizzolatti (2005) e seus colaboradores, envolvendo macacos Rhesus, na década de 90, chegou-se a descoberta dos neurônios espelho. Estas pesquisas foram realizadas na área pré-motora destes macacos, e verificou-se que alguns neurônios da área F5, localizados na área frontal, eram ativados cada vez que o animal realizava um movimento com alguma finalidade específica (por exemplo pegar um fruto com os dedos), e também quando o animal observava o comportamento de outro indivíduo, que tanto podia ser outro macaco ou então um homem.
Sandra Blakeslee numa nota  para o “The New York Times” traz o seguinte relato:
 Há 15 anos, num verão em Parma, na Itália, um macaco esperava em um laboratório que os pesquisadores voltassem do almoço. Delicados fios haviam sido implantados na região do seu cérebro que planeja e executa movimentos.
Todas as vezes que o macaco agarrava ou movimentava um objeto, algumas células dessa região do cérebro disparavam e um monitor registrava um som.
Um aluno de pós-graduação entrou no laboratório com uma casquinha de sorvete na mão.
O macaco olhou fixamente para ele e, em seguida, algo espantoso aconteceu: quando o estudante levou a casquinha aos lábios, o monitor soou novamente – mesmo o macaco não tendo feito nenhum movimento, apenas observado o aluno.
Os pesquisadores, chefiados por Giacomo Rizzolatti, um neurocientista da Universidade de Parma, já tinham observado esse mesmo estranho fenômeno com amendoins.
As mesmas células cerebrais disparavam quando o macaco via seres humanos ou outros macacos levarem amendoins à boca ou quando ele próprio fazia isso.
Os cientistas descobriram células acionadas quando o macaco quebrava a casca de um amendoim ou ouvia alguém fazê-lo. O mesmo ocorria com bananas, uvas passa e todo tipo de objetos.
"Demoramos anos para acreditar no que estávamos vendo", diz Rizzolatti.
O cérebro do macaco tem uma classe especial de células, os neurônios-espelho, que disparam quando o animal vê ou ouve uma ação e quando a executa por conta própria.
Mas, se essas descobertas, publicadas em 1996, surpreenderam a maioria dos cientistas, uma recente pesquisa deixou-os estupefatos.
Descobriu-se que os seres humanos têm neurônios-espelho muito mais perspicazes, flexíveis e altamente evoluídos do que os encontrados nos macacos, um fato que teria resultado na evolução de habilidades sociais mais sofisticadas nos seres humanos.
O cérebro humano tem múltiplos sistemas de neurônios-espelho especializados em executar e compreender não apenas as ações dos outros, mas suas intenções, o significado social do comportamento deles e suas emoções.

Imagem: http://sfari.org/news-and-opinion/conference-news/2008/society-for-neuroscience-2008/beyond-mirror-neurons
"Somos criaturas requintadamente sociais", diz Rizzolatti. "Os neurônios-espelho nos permitem captar a mente dos outros não por meio do raciocínio conceitual, mas pela simulação direta. Sentindo e não pensando."

Na conceituação de Neurônio Espelho apresentada pela Wikipedia, encontramos que:
...é um neurônio (também conhecida como célula espelho) que dispara tanto quando um animal realiza um determinado ato, como quando observa outro animal (normalmente da mesma espécie) a fazer o mesmo ato. Desta forma, o neurônio imita o comportamento de outro animal como se estivesse ele próprio a realizar essa ação. [...] Alguns cientistas consideram este tipo de células uma das descobertas mais importantes da neurociência da última década, acreditando que estes possam ser de importância crucial na imitação e aquisição da linguagem. (Wikipedia)

Onde se localizam os neurônios espelho?

1 - REGIÃO FRONTAL
É nela que as ações são planejadas, decididas e executadas. Pode abrigar os neurônios-espelhos que imitam a ação de outras pessoas, possivelmente relacionados ao aprendizado. Exemplo: a criança que aprende a escovar os dentes vendo o pai escovando.

2 - REGIÃO PARIETOFRONTAL
Área que conjuga a tomada de decisão da região frontal com os cinco sentidos humanos. Também está relacionada às emoções. Podem estar nela os neurônios-espelhos que reagem quando uma pessoa vê uma cena de violência na televisão e se sente angustiada por isso.
Imagem:  http://pt.scribd.com/doc/18999992/Fundamentos-de-Neurociencias-
Novos estudos mostram como isso afeta nosso comportamento...
É difícil encontrar quem não sinta vontade de bocejar quando vê outras pessoas bocejando. Ao mostrar a língua a seu bebê, um pai o vê responder da mesma forma, ainda que ele tenha acabado de nascer. Quem assiste à televisão pode ter simpatia pelo mocinho de uma novela e ódio pelo vilão. Essas três situações podem ter a mesma origem: os neurônios-espelhos. Estudos mostram que essas células cerebrais nos levam a agir de acordo com o que os outros fazem, e não apenas com o que o próprio cérebro manda. Mais: tudo o que vemos alguém fazer, fazemos também - nem que seja apenas em nossa mente. Os neurônios-espelhos lêem a mente dos outros. E influenciam nosso comportamento a partir da leitura.

Por isso, a descoberta das funções dos neurônios-espelhos vem sendo considerada um dos principais feitos da neurociência. Há cientistas que comparam o nível de importância desses estudos ao das células-tronco. Mas todos recomendam prudência diante dos resultados. "A descoberta dos neurônios-espelhos foi muito importante, mas as pessoas precisam ter em mente que eles não explicam tudo", afirma Iacoboni. "Não dá ainda para saber se, sem eles, o cérebro não faria a mesma coisa", afirma Ribeiro. O cérebro tem cerca de 100 bilhões de neurônios - dos quais apenas 5% são espelhos. Não são muitos, mas, se tudo o que se estuda sobre eles for comprovado, esses 5 bilhões respondem por muito do que somos.

Fontes:
Jornal da Ciência. Os neurônios que podem ler mentes. Maio/2012 Disponível online em http://www.jornaldaciencia.org.br/Detalhe.jsp?id=34918  Acesso em 28/05/2012.
RIZZOLATTI, G. (2005). The mirror neuron system and imitation. In S. Hurley & N. Chater (Eds.), Perspectives on imitation: From Neuroscience to Social Science (Vol. 1: Mechanisms of imitation and imitation in animals - Social Neuroscience). Cambridge, MA: MIT Press.
Neurônios Espelho. Diponível online em:   http://pt.wikipedia.org/wiki/Neur%C3%B3nio_espelho Acesso em 28/05/2012.
Neurônios-espelhos podem ser a chave do aprendizado e da cultura. Disponível online em: http://www.sintoniasaintgermain.com.br/NEUROCI%C3%8ANCIA2.htm  Acesso em 28/05/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário