sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

30 segundos




Segundo Augusto Cury, psiquiatra brasileiro e autor de vários Best Sellers,
‘As maiores violências humanas foram cometidas nos primeiros trinta segundos das crises de ansiedade’.
Os nossos maiores erros também ocorreram neste período.
Bastam poucos segundos para ferirmos seriamente as pessoas.
   Sabe qual a melhor resposta que você pode dar aos momentos de tensão? O silêncio.
  Amigo (a), liberte-se das manhas. Seja flexível e alegre-se de vez em quando.
 Saia da sua rotina.  Dê flores em datas inesperadas às pessoas que você ama.
Faça ligações para elas no meio da tarde e pergunte como você poderia torná-las mais felizes.
Fazer coisas fora da agenda é libertar a criança feliz que há dentro de você.
  Nunca seja um escravo dos padrões que plantaram em você. Perdoe-se.
  Na psiquiatria, o perdão é a energia dos fortes, e a mágoa, a dos fracos. Você é forte ou fraco?
  Mude seu estilo de vida. Tenha a mente de um executivo e um coração alegre de um palhaço.
A vida é muito breve (Salmos 90.9). Felizes os que usam a cabeça para pensar, e não para sofrer.
  Lembre-se: todos querem os perfumes das flores, mas poucos sujam as mãos para cultivá-las.
  Anime-se. Tenha metas. Faça o que ninguém fez. Sonhe muito, sonhe alto - mas tenha seus pés na terra.
Valorize seus estudos, ame sua escola. Crie oportunidades. Ao criá-las não tenha medo de falhar.
Se falhar, não tenha medo de chorar. Se chorar, repense a vida.
Desejo que estes 30 Segundos sejam de bênção para sua vida.
‘A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos’
. (Tiago 5.16b)



Nenhum comentário:

Postar um comentário