sábado, 2 de fevereiro de 2013

Você participaria de um estudo destes?




O ESTUDO DE ZIMBARDO
- Um estudo clássico de 1970 (ZIMBARDO) recrutou universitários do sexo masculino para participarem de um experimento realizado no porão do prédio de psicologia da Universidade de Stanford, reformado para servir como uma prisão fictícia.
- Ele escolheu os voluntários mais estáveis emocionalmente e depois aleatoriamente designou-os para papéis de prisioneiro e guarda...
OS guardas receberam uniformes e cassetetes; os prisioneiros foram trancados em celas e tiveram de usar roupas supostamente humilhantes (batas sem cuecas).
Os participantes começaram a levar excessivamente a sério os respectivos papéis.
- Depois de apenas um dia de “dramatização”, os guardas começaram a tratar cruelmente os prisioneiros; alguns dos prisioneiros se rebelaram e outros começaram a demonstrar grande perturbação.
O desempenho de papéis logo se transformou em realidade...
- A situação deteriorou tanto que Zimbardo teve de interromper o estudo depois de apenas 6 dias, pois até os jovens emocionalmente estáveis, normais e instruídos foram vulneráveis ao poder dos papéis situacionais.
Fonte: GRIGGS, Richard. Psicologia uma abordagem concisa. POA: Artemd, 2009

E AÍ PERCEBERAM QUANTO NOSSAS EMOÇÕES E COMPORTAMENTOS  SÃO INFLUENCIADOS PELO MEIO? OU VOCÊ ACHA QUE NÃO?
- Uma situação que retrata esse estudo  é quando um indivíduo é professor e vivencia o papel de estudante, seja num curso, seja numa faculdade. Ele simplesmente se veste do papel de aluno e muitas vezes expressa o aluno em que ele foi em épocas anteriores...
- Ou mesmo, quantas vezes, quando pais,  desempenhamos a mesma forma de agir que nossos pais tinham conosco...pois na verdade exercemos PAPEIS,  e estes tem impacto sobre nosso desempenho, uma vez que somos seres sociais e existem padrões de comportamento socialmente esperados e são essas definições que influenciam tanto o nosso comportamento quanto nossas atitudes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário