terça-feira, 1 de abril de 2014

Qual caminho que deves seguir?


Histórias infantis são repletas de significados, trazem no seu enredo situações pertinentes que nos fazem repensar sobre diversas circunstâncias. Por exemplo, o diálogo entre o gato e Alice, podem passar despercebidos fazendo alusão a um simples jogo de palavras, mas não, há uma sabedoria subliminarmente sendo passada...

Fala de escolhas, de caminhos que traçamos na vida, sobre metas, seja de curto, médio ou longo prazo. A capacidade de refletir sobre o que nos acontece no hoje, nos permite mudanças de estratégias para o amanhã.

Um dos fatores importantes quando trabalhamos em neuropsicopedagogia, e nas demais terapias também, é justamente o diagnóstico: ou seja, a identificação do cenário em que tal situação se encontra para então estabelecer metas de mudança. E a partir desta restruturação procurar manter o foco contornando elementos distratores (ou seja, de tudo o que não está no foco de nossos objetivos).

Dentro da própria questão da neurociência a questão do foco tem nos mostrado que muitas situações da vida adquirem êxito de acordo com nossa determinação: Assim como o esportista diariamente treina para conseguir êxito no esporte que se dedica, nosso cérebro também vai se tornando excelente naquilo que mais fazemos...

Onde você procura manter seu foco: no problema ou na solução?

Problemas todos temos, a diferença é a nossa reação diante dos mesmos...
Se para o indivíduo qualquer caminho serve ele pode correr o risco de passar diversas vezes pelo mesmo local , portanto se não temos consciência de onde estamos como podemos saber para onde seguir?

Uma boa dica de mudança são os Planos de Estratégia Individual, na própria web há diversos modelos deles, basta dar uma procurada e investir um tempo traçando seus novos caminhos...entretanto, existem profissionais capacitados que podem lhe auxiliar num melhor êxito na sua vida, tais como: psicólogo, coach, neuropsicopedagogo, psicopedagogo, entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário