domingo, 7 de setembro de 2014

E se você fosse escolhido para ensinar seus colegas?


Digamos que o professor inicie a aula mencionando que no final da mesma você teria que explicar a seus colegas tudo que aprendeu naquela aula!!!
Seria um exercício fácil para você?
Certamente sua atenção iria ficar mais focada, registrando a maior quantidade possível de detalhes e informações necessárias. Quem sabe até anotaria tópicos importantes e faria um mapa mental de todo conteúdo, porque a expectativa de ensinar melhora a aprendizagem.
E foi justamente esta a pesquisa feita pelo Dr John Nestojko, publicada recentemente na revista Memory & Cognition. Estudantes foram separados em 2 grupos, o primeiro foi informado que teria que fazer uma prova no final da aula, o segundo grupo recebeu a incumbência de ensinar aos colegas tudo o que haviam aprendido em aula. Porém, não teve nenhuma prova e não houve nenhum momento de ensinar aos colegas. O pesquisador investigou a questão da expectativa de realizar determinadas tarefas.
Os resultados indicaram que os alunos informados da possibilidade de ensinarem seus colegas tiveram uma alteração significativa em seus cérebros em relação aos que fariam a prova.
Nestojko enfatizou :“os alunos  que esperavam para ensinar os colegas, organizaram suas recordações de modo mais eficaz e haviam retido na memória informações realmente importantes.”
Os professores ao preparar uma aula, procuram utilizar pontos chaves e organizar o conteúdo de modo coerente; sendo que o grupo de alunos que supostamente teriam que ensinar, também se voltaram para essas estratégias de aprendizagem.
O estudo sugere que incutir uma expectativa de ensinar pode ser uma intervenção simples e barata que aumenta a eficiência da aprendizagem.
"O que eu acho mais intrigante sobre esta pesquisa é que o aprendizado foi impactado significativamente, embora não fizemos nada mais do que alterar as expectativas dos participantes antes da aprendizagem", disse Nestojko.

Nenhum comentário:

Postar um comentário